Racionalidades e Complexidades em Planejamento e Gestão de Projetos

  • Cristiano Desconsi Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Palavras-chave: projetos, racionalidades, complexidade, desenvolvimento

Resumo

As últimas décadas foram marcadas pela emergência das teorias da complexidade e, paralelamente, pela construção das abordagens territoriais do desenvolvimento, processo que colocou em questão o desafio de repensar os procedimentos mais comuns utilizados na área de planejamento e gestão de projetos construídos segundo os pressupostos da racionalidade científica. Situado nessa temática, esse artigo reflete sobre a relação entre a racionalização do processo de planejamento e gestão de projetos e a complexidade do desenvolvimento territorial. Para tal, faz uso da análise bibliográfica associado ao exame de alguns elementos de experiências com projetos de crédito rural a agricultores familiares e projetos sociais que fazem uso do Quadro Lógico como instrumento de planejamento e gestão. O texto sugere, por essa via, que existem possibilidades de aprimoramento dos procedimentos e técnicas racionais de planejamento e gestão de projetos para o trabalho em realidades complexas expressas nos territórios, quando se rompe com a unilinearidade das ações interventivas e se assumem novas práticas de construção do conhecimento.

Biografia do Autor

Cristiano Desconsi, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Doutorado em Sociologia e Antropologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. mestrado em Ciências Sociais em desenvolvimento, agricultura e sociedade pela UFRRJ e bacharel em sociologia pela UNIJUI. Professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Publicado
2019-10-17
Como Citar
Desconsi, C. (2019). Racionalidades e Complexidades em Planejamento e Gestão de Projetos. Desenvolvimento Em Questão, 17(49), 44-58. https://doi.org/10.21527/2237-6453.2019.49.44-58
Seção
Artigos