Diversificação da Produção com Flores Tropicais: Qual o interesse dos agricultores familiares de Tangará da Serra-MT?

  • Josiane Silva Costa dos Santos Universidade dos Estado de Mato Grosso
  • Cleci Grzebieluckas Universidade do Estado de Mato Grosso.
  • Raimundo Nonato Cunha de França Universidade do Estado de Mato Grosso.
  • Francisco Xavier Freire Rodrigues Universidade Federal de Mato Grosso.
  • Edineia Souza Nunes Universidade do Estado de Mato Grosso.
Palavras-chave: Agricultura Familiar. Floricultura tropical. Alternativa de Renda.

Resumo

O objetivo do estudo foi identificar o interesse dos agricultores familiares na diversificação das atividades agrícolas com o cultivo de flores tropicais no município de Tangará da Serra-MT. Trata-se de uma pesquisa de natureza descritiva com abordagem quali-quantitativa. A amostra consistiu em 19 casais de agricultores. O instrumento de coleta de dados foi formulário semiestruturado, contendo perguntas abertas e fechadas. A aplicação da pesquisa ocorreu, por meio de visitas in loco realizadas nas propriedades rurais do município. Constatou-se que 94,74% das famílias conhecem as flores tropicais, entretanto, só conseguiram identificar por fotos ou uso do nome popular e que 73,68% já visualizaram espécies nativas na propriedade. Todavia, apesar de 52,63% demonstrarem interesse no cultivo de flores tropicais, como estratégia de diversificação de renda, também apresentaram muitas dúvidas em relação às formas de cultivo, investimento e comercialização, por se tratar de uma atividade pouco explorada no estado. Nesse sentido, a floricultura tropical carece de parcerias público-privadas para subsidiar o agricultor com assistência técnica especializada, linhas de crédito específicas e estruturação de canais de comercialização para escoamento da produção no contexto social da região.

Biografia do Autor

Josiane Silva Costa dos Santos, Universidade dos Estado de Mato Grosso

Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade do Estado de Mato Grosso (2009), MBA Planejamento Tributário (2012), Mestre em Ambiente e Sistemas de Produção Agrícola pela Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). Professora da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Campus Tangará da Serra-MT.

Cleci Grzebieluckas, Universidade do Estado de Mato Grosso.

Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (2010). Professora adjunta na Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT Campus de Tangará da Serra MT, ministra aulas no Programa de Mestrado em Ambiente e Sistemas de Produção Agrícola - PPGASP e nos cursos de Ciências Contábeis e Administração em Agronegócio. Possui experiência em contabilidade e administração e tem como temas de pesquisas: frutos nativos do cerrado, valoração ambiental, custos ambientais e análise econômica.

Raimundo Nonato Cunha de França, Universidade do Estado de Mato Grosso.
Doutor em Ciências Sociais na Área de Concentração: Política, Desenvolvimento e Sociedade. É professor Adjunto na Universidade do Estado do Mato Grosso. Tem experiência na área de Ciência Política e Sociologia Política, com ênfase nos seguintes temas: ESTADO, GOVERNO, PARTIDOS, DEMOCRACIA, COMPORTAMENTO POLÍTICO E POLÍTICAS PÚBLICAS.
Francisco Xavier Freire Rodrigues, Universidade Federal de Mato Grosso.
Doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.  Professor Efetivo da Universidade Federal de Mato Grosso, Associado I, lotado no Departamento de Sociologia e Ciência Política. Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFMT. Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea - ECCO/IL- UFMT.
Edineia Souza Nunes, Universidade do Estado de Mato Grosso.
Mestre em Ambientes e Sistemas de Produção, é contadora tem experiência na área de Contabilidade e Administração. Atua como Controller na empresa Supremax Nutrição Animal Ltda e Professora Assistente na Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT).
Publicado
2020-01-02
Como Citar
Costa dos Santos, J., Grzebieluckas, C., Cunha de França, R., Freire Rodrigues, F., & Nunes, E. (2020). Diversificação da Produção com Flores Tropicais: Qual o interesse dos agricultores familiares de Tangará da Serra-MT?. Desenvolvimento Em Questão, 18(50), 129-145. https://doi.org/10.21527/2237-6453.2020.50.129-145
Seção
Artigos