Relação entre Eficiência da Gestão Pública e Desenvolvimento Socioeconômico: um estudo nos municípios cearenses

Palavras-chave: Eficiência, Gestão Pública, Desenvolvimento Socioeconômico, Municípios Cearenses

Resumo

Este estudo analisa a relação entre eficiência da gestão pública e desenvolvimento socioeconômico nos municípios cearenses. Utilizou-se o método de Análise Envoltória de Dados (Data Envelopment Analysis – DEA) para medir a eficiência em três diferentes dimensões: (i) educação; (ii) saúde; e (iii) emprego e renda. Além disso, elaborou-se o Índice de Eficiência da Gestão Pública (IEGP) por meio da ponderação entre as três dimensões da eficiência, que foi utilizado para medir a eficiência geral dos municípios. O desenvolvimento socioeconômico foi medido pelo Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal (IFDM), de forma geral e em suas três dimensões (educação, saúde e emprego e renda). A amostra é composta pelos 184 municípios cearenses e o período analisado foi de 2007 a 2016. Utilizou-se estatística descritiva e testes de diferença entre médias. Os resultados apontam que a eficiência geral e das dimensões educação, e emprego e renda apresentaram relação positiva com o desenvolvimento socioeconômico, demonstrando a capacidade destas dimensões da eficiência em gerar desenvolvimento.

Biografia do Autor

Vicente Lima Crisóstomo, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Doutor em Economia Financeira pela Universidad de Valladolid. Docente do Programa de Pós-Graduação em Administração e Controladoria da Universidade Federal do Ceará (UFC)

Clayton Robson Moreira da Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI)

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI). Doutorando e Mestre em Administração e Controladoria pela Universidade Federal do Ceará (UFC). 

Publicado
2020-08-21
Como Citar
CrisóstomoV., & SilvaC. R. (2020). Relação entre Eficiência da Gestão Pública e Desenvolvimento Socioeconômico: um estudo nos municípios cearenses. Desenvolvimento Em Questão, 18(52), 124-141. https://doi.org/10.21527/2237-6453.2020.52.124-141