A ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS E SEU PAPEL NA MANUTENÇÃO DA PAZ: UMA ANÁLISE SOBRE SUAS POTENCIALIDADES POLÍTICAS

  • Gilmar Antonio Bedin Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ
  • Aline Michele Pedron Leves Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ

Resumo

O retorno à história da civilização demonstra que esta sempre foi permeada por inúmeros conflitos, paradoxos e incoerências, como também por conquistas e significativos progressos. Isso significa que a sociedade internacional foi palco de profundas transformações que a tornaram mais complexa e menos centrada na figura dos Estados soberanos. Notadamente, a partir da Segunda Guerra Mundial, a manutenção da paz e da segurança internacional emergiram enquanto necessidades vitais. Assim sendo, com o fenômeno da globalização e o surgimento de novos atores internacionais, verificou-se o deslocamento do velho sistema anárquico Westfaliano para um conjunto internacional de arranjos bifurcados, assentado em uma sociedade multicêntrica e interdependente. Daí, portanto, o presente artigo objetiva analisar, por meio do método hipotético-dedutivo e da técnica de pesquisa bibliográfica, o papel desempenhado pela ONU no que diz respeito a sua missão fundamental para o estabelecimento de uma comunidade de paz.

Biografia do Autor

Gilmar Antonio Bedin, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ
Doutor em Dirieto do Estado pela UFSC. Professor Permanente dos Programas de Pós-Graduação em Direito da UNIJUÍ e da URI. Líder do Grupo de Pesquisa Direitos Humanos, Globalização e Equidade.
Aline Michele Pedron Leves, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ
Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Direito da UNIJUÍ. Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES.
Publicado
2019-12-23
Como Citar
Bedin, G., & Pedron Leves, A. (2019). A ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS E SEU PAPEL NA MANUTENÇÃO DA PAZ: UMA ANÁLISE SOBRE SUAS POTENCIALIDADES POLÍTICAS. Revista Direitos Humanos E Democracia, 7(14), 215-231. https://doi.org/10.21527/2317-5389.2019.14.215-231