SOFRIMENTO MENTAL E DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA: INTERPRETANDO AS INTERCESSÕES HISTÓRICAS E FILOSÓFICAS DA ORDEM PSIQUIÁTRICA

  • Pedro Henrique Moreira da Silva Escola Superior Dom Helder Câmara
  • Valdênia Geralda de Carvalho Escola Superior Dom Helder Câmara
Palavras-chave: Sofrimento Mental, Dignidade da Pessoa Humana, Saúde Mental, Reforma Psiquiátrica

Resumo

A pesquisa se propõe discutir a respeito da questão psiquiátrica, tanto pela perspectiva do transtorno mental, quanto pela perspectiva do sofrimento mental – o que se faz pela pesquisa hipotético-dedutiva, baseada em material bibliográfico e documental. Nesse sentido, busca-se satisfazer objetivos chave, tais quais, a compreensão dos sentidos do sofrimento mental, a abordagem histórica da “loucura”, a reflexão filosófica da lógica manicomial e dos recortes sociais e a explanação da psiquiatria democrática como alternativa aos padrões predatórios. Assim, resta viabilizada uma ótica ampliada da questão psiquiátrica, imperando a perspectiva humanista da tratativa da pessoa em sofrimento e a reflexão acerca da dignidade como elemento indissociável da pessoa humana.

Biografia do Autor

Pedro Henrique Moreira da Silva, Escola Superior Dom Helder Câmara

Mestrando em Direito pela Escola Superior Dom Helder Câmara. Bolsista da Fundação Movimento Direito e Cidadania.

Valdênia Geralda de Carvalho, Escola Superior Dom Helder Câmara

Doutora em Teoria do Estado e Direito Constitucional pela PUC-Rio. 

Publicado
2020-12-15
Como Citar
da SilvaP. H., & de CarvalhoV. (2020). SOFRIMENTO MENTAL E DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA: INTERPRETANDO AS INTERCESSÕES HISTÓRICAS E FILOSÓFICAS DA ORDEM PSIQUIÁTRICA. Revista Direitos Humanos E Democracia, 8(16), 209-221. https://doi.org/10.21527/2317-5389.2020.16.209-221