Recife, City of People? A study based on the archeology of Foucault

  • Duarte Raab Pires Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • Maria Luciana de Almeida Universidade de Pernambuco (UPE)
  • Lilian Soares Outtes Wanderley Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) http://orcid.org/0000-0002-8608-2750
Palavras-chave: Discurso,

Resumo

Este artigo tem por objetivo analisar o discurso envolvido em um programa intitulado "Recife, Cidade das Pessoas", sob a perspectiva da arqueologia do saber de Foucault. O corpus da pesquisa foi constituído por seis vídeos disponíveis no Facebook®, na página da prefeitura do Recife. O estudo é justificado pela necessidade de entender como os discursos políticos estão espalhados e como esses discursos não possuem premissas explícitas. Acreditamos que um melhor desenho da influência dos discursos, juntamente com mais esclarecimentos sobre o significado social exercido por eles, pode contribuir para uma vida social mais democrática, que será acessível a toda a população. Não houve uma definição apriorística de teorias para o presente estudo, de forma a reduzir a interferência de fatores externos na estruturação da análise. Os dados foram analisados sem influências teóricas, de modo que as construções teóricas emergiram da análise e não do contrário. No entanto, a visão da autoria, em relação ao conceito do discurso, interfere na análise e serve como uma lente teórica por meio da qual os dados foram exibidos. Como resultados, duas formações discursivas foram encontradas: (1) a proteção do Governo e (2) práticas de estilos de vida saudáveis, ​​que inclui o aspecto social, cultural e físico. Estas formações discursivas alicerçam-se nos pilares da biopolítica e da sustentabilidade, qualidade de vida e mudança social. Observou-se que o programa tem como objetivo influenciar as opiniões das pessoas sobre espaços públicos e mobilidade naquele município.

Biografia do Autor

Duarte Raab Pires, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Mestre em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco. Aluno do Doutorado em Administração da Universidade Federal de Pernambuco. Agente da Polícia Rodoviária Federal.

Maria Luciana de Almeida, Universidade de Pernambuco (UPE)

Mestre em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco. Doutora em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco.Professora da Universidade de Pernambuco (UPE).

Lilian Soares Outtes Wanderley, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Doutora em Administração pela Universidade de Cambridge, Grâ-Bretanha. Professora da Universidade Federal de Pernambuco.

Publicado
2020-01-02
Como Citar
Pires, D., Almeida, M. L., & Wanderley, L. (2020). Recife, City of People? A study based on the archeology of Foucault. Desenvolvimento Em Questão, 18(50), 24-40. https://doi.org/10.21527/2237-6453.2020.50.24-40
Seção
Artigos