Análise das Tendências de Oferta e Demanda para o Grão, Farelo e Óleo de Soja no Brasil e nos Principais Mercados Globais

  • Angélica Cristina Rhoden Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Campus Palmeira das Missões https://orcid.org/0000-0002-7296-4031
  • Nilson Luiz Costa Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Campus Palmeira das Missões https://orcid.org/0000-0003-0620-4955
  • Antônio Cordeiro de Santana Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)
  • Gabriel Nunes de Oliveira Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Campus Palmeira das Missões https://orcid.org/0000-0003-0620-4955
  • Maiara Thais Tolfo Gabbi Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac/RS)
Palavras-chave: Análise de Tendências. Exportações. Complexo Soja.

Resumo

Qual a tendência de evolução da oferta e demanda para a soja e seus derivados nos próximos anos? O fundamento deste questionamento reside no fato de que a commodity em questão é o principal item da pauta das exportações brasileiras e gera divisas para todas as regiões do Brasil. A análise de regressão foi utilizada para estimar as tendências e taxas de crescimento da produção e exportação de grão, farelo e óleo de soja no Brasil e em seus principais concorrentes, e de consumo e importação dos mesmos produtos nos principais mercados consumidores. Os dados utilizados foram obtidos do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, 2018) e da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE, 2019). Entre os principais resultados, destacam-se o crescimento da oferta, pelo lado do Brasil, Estados Unidos, Argentina e Paraguai e da demanda, principalmente asiática, americana e europeia. Portanto, a tendência é de ampliação na produção dos principais concorrentes brasileiros e de aumento na demanda dos principais consumidores, notadamente China, Índia, Rússia, Argélia e outras economias emergentes. Diante disto, é estratégico, para o produtor brasileiro de soja, o fortalecimento das relações comerciais com China, Rússia e demais economias complementares à economia brasileira. Também se observou que o mercado interno brasileiro deve ser mais evidenciado ao responder por 35% da soja em grãos, 50% do farelo de soja e 84% do óleo de soja.

Biografia do Autor

Angélica Cristina Rhoden, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Campus Palmeira das Missões

Mestre em Agronegócios pelo Programa de Pós-Graduação em Agronegócios (PPGAGR) – Mestrado Acadêmico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Doutoranda em Extensão Rural e Desenvolvimento – PPGExR, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil. 

Nilson Luiz Costa, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Campus Palmeira das Missões

Doutor em Ciências Agrárias e graduado em Ciências Econômicas. É pesquisador do Núcleo de Pesquisas em Economia do Agronegócio (NPEA-UFSM) e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Agronegócios (PPGAGR) – Mestrado Acadêmico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) campus Palmeira das Missões, Rio Grande do Sul Brasil

Antônio Cordeiro de Santana, Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)

Doutor em Economia Aplicada e Graduado em Agronomia. É pesquisador do Núcleo de Pesquisas em Economia do Agronegócio (NPEA-UFSM) e docente da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA). Atua no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido da Universidade Federal do Pará (UFPA). Pará, Brasil.

Gabriel Nunes de Oliveira, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Campus Palmeira das Missões

Doutor em Extensão Rural e Graduado em Administração. É pesquisador do Núcleo de Pesquisas em Economia do Agronegócio (NPEA-UFSM) o docente do Curso de Graduação em Ciências Econômicas da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) campus Palmeira das Missões, Rio Grande do Sul , Brasil.

Maiara Thais Tolfo Gabbi, Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac/RS)

Mestre em Agronegócios pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Professora do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac/RS)

Publicado
2020-04-24
Como Citar
Rhoden, A., Costa, N., Santana, A., Oliveira, G., & Gabbi, M. (2020). Análise das Tendências de Oferta e Demanda para o Grão, Farelo e Óleo de Soja no Brasil e nos Principais Mercados Globais. Desenvolvimento Em Questão, 18(51), 93-112. https://doi.org/10.21527/2237-6453.2020.51.93-112
Seção
Artigos