Marketing, Tecnologia e Planejamento Como Diferenciais Competitivos Para Alavancar o Dark Tourism e o Desenvolvimento Local e Regional

  • Vilmar Antônio Boff Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Santo Angelo
  • Jonas Bordim Fundação Educacional Machado de Assis (Fema)
  • Berenice Beatriz Rossner Wbatuba Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Santo Ângelo
  • Milton Luiz Wittmann Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Santo Ângelo
  • Fabiana Regina Falkembach Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Santo Ângelo
Palavras-chave: Turismo, Plano de Marketing, Dark Tourism

Resumo

Competitividade, novas tecnologias de gestão e de informação e a alta sazonalidade e evolução de mercado, em especial no setor turístico, influiu nas estratégias de marketing tornando-as em instrumento importante para o planejamento do desenvolvimento local e regional. Esse artigo, resultante de estudos e pesquisas desenvolvidas pelo Grupo de Pesquisas ESADI - Estudos Setoriais em Administração, Desenvolvimento e Inovação, tem por objetivo evidenciar como um plano de Marketing pode alavancar o desenvolvimento do setor turístico, especialmente em lugares que se enquadram no conceito de Dark Tourism. Nesse sentido, trata-se de conhecer o comportamento do consumidor e obter informações necessárias para a elaboração de um plano de Marketing de forma a impulsionar o turismo local e regional. Quanto aos aspectos metodológicos trata-se de um referencial teórico cujos resultados identificam as vantagens de operar a gestão do turismo a partir de um planejamento que contempla a atração e prospecção de clientes a partir de cinco ações estratégias: i) criação de uma marca; ii) consolidação da imagem simbólica de Sepé Tiarajú; iii) implementação do aplicativo (APP) missões; iv) Criação do roteiro missões; e v) intensificação da estrutura do espetáculo som e luz. A pesquisa aponta as indicações que constam num plano de ação, cujo propósito disponibiliza um conjunto de possíveis benefícios para o desenvolvimento turístico do Sítio Arqueológico de São Miguel Arcanjo na cidade de São Miguel das Missões/RS/Brasil inserido no contexto dos Sete Povos das Missões.

Biografia do Autor

Vilmar Antônio Boff, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Santo Angelo

Doutor em Desenvolvimento Regional (UNISC). Docente no Programa de Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Organizações (PPGGEO/URI Santo Ângelo). Líder do Grupo de Pesquisas ESADI. E-mail: vaboff@gmail.com

Jonas Bordim, Fundação Educacional Machado de Assis (Fema)

Mestre em Gestão Estratégica de Organizações pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI). Professor da Fundação Educacional Machado de Assis (Fema).

Membro do Grupo de Pesquisas ESADI. E-mail: jonasbordim@hotmail.com

Berenice Beatriz Rossner Wbatuba, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Santo Ângelo

Doutora em Desenvolvimento Regional pela Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). Professora da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI).

 

Doutora em Desenvolvimento Regional (UNISC). Docente no Programa de Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Organizações (PPGGEO/URISAN). Membro do Grupo de Pesquisas ESADI. E-mail: bwbatuba@san.uri.br

Milton Luiz Wittmann, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Santo Ângelo

Doutor em Administração (USP). Docente no Programa de Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Organizações (URI Santo Ângelo). Membro do Grupo de Pesquisas ESADI. E-mail: wittmann@profwittmann.com

Fabiana Regina Falkembach, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Santo Ângelo

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Organizações (URI Santo Ângelo). Membro do Grupo de Pesquisas ESADI. E-mail: fabianarfalkembach@aluno.santoangelo.uri.br 

Publicado
2020-05-20
Como Citar
BoffV., BordimJ., WbatubaB., WittmannM., & FalkembachF. (2020). Marketing, Tecnologia e Planejamento Como Diferenciais Competitivos Para Alavancar o Dark Tourism e o Desenvolvimento Local e Regional. Desenvolvimento Em Questão, 18(52). Recuperado de https://revistas.unijui.edu.br/index.php/desenvolvimentoemquestao/article/view/9773