PARTICIPAÇÃO E AUSÊNCIA FAMILIAR: IMPLICAÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS

  • Andressa da Silveira UFSM
  • Bruna Thais Garcez Alves UFSM
  • Mariely Piovesan Elauterio UFSM
  • Flávia Oliveira e Silva UFSM
  • Yasmin Sabrina Costa UFSM
  • Neila Santini de Souza UFSM
Palavras-chave: Saúde da Criança;, Saúde do Adolescente;, Família;, Cuidadores;, Crescimento e desenvolvimento;

Resumo

Objetivo: descrever a participação dos familiares no cuidado clínico e acompanhamento escolar de crianças e adolescentes com necessidades especiais (CRIANES) de saúde na perspectiva dos profissionais de saúde e educação da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). Método: estudo de abordagem qualitativa, do tipo participativo, onde a produção de dados ocorreu pelo desenvolvimento da dinâmica de criatividade e sensibilidade linha da vida. Participaram da dinâmica 10 profissionais da saúde e da educação da clínica e da escola, onde a produção ocorreu por meio da metáfora de um varal que representava a linha da vida de cada profissional diante da questão geradora de debate. As produções foram frases e desenhos construídos individualmente e socializados em grupo. As enunciações foram áudio gravadas, transcritas e submetidas à análise de discurso na corrente francesa. Resultados: as produções e os discursos enalteceram a importância da participação das famílias em prol do desenvolvimento das habilidades das crianças e adolescentes e que o impacto é positivo inclusive na adesão ao tratamento e cuidados no âmbito domiciliar. Conclusão: os profissionais da saúde e da educação percebem a importância do trabalho que desenvolvem com as CRIANES. Para eles, o processo de desenvolvimento, da aquisição de habilidades e adesão ao tratamento somente serão satisfatórios com esforços coletivos da família, clínica e escola em prol da saúde e educação das CRIANES.

Biografia do Autor

Andressa da Silveira, UFSM

Enfermeira graduada pelo Centro Universitário Franciscano (UNIFRA/2008). Especialista em Saúde Coletiva pelo Centro Universitário Franciscano (UNIFRA/2010). Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM/2012). Especialista em Saúde do Adolescente (UnYleYa/2017). Especialista em Enfermagem em UTI Pediátrica e Neonatal pela (UnYleYa/2017). Doutora em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria (2017). Possui experiência no campo de saúde do adolescente, com ênfase nas crianças/adolescentes com necessidades especiais em saúde (CRIANES).

 
Publicado
2020-06-30
Como Citar
SilveiraA., AlvesB. T., ElauterioM., e SilvaF., CostaY. S., & de SouzaN. (2020). PARTICIPAÇÃO E AUSÊNCIA FAMILIAR: IMPLICAÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS. Revista Contexto & Saúde, 20(38), 185-190. https://doi.org/10.21527/2176-7114.2020.38.185-190
Seção
Enfermagem & suas contribuições para prática