QUALIDADE E MONITORAMENTO DO SERVIÇO AMBULATORIAL ESPECIALIZADO OFERECIDO ÀS PESSOAS VIVENDO COM HIV/AIDS

  • Tatiana Corrêa Ribeiro Universidade Federal de Santa Maria
  • Sandra Trevisan Beck Universidade Federal de Santa Maria
  • Amanda Borges Oliveira Universidade Federal de Santa Maria
  • Laura Vielmo Universidade Federal de Santa Maria
Palavras-chave: HIV, qualidade, ambulatorio

Resumo

O objetivo do presente estudo foi verificar a qualidade assistencial prestada às pessoas vivendo com HIV (PVHIV), oferecida por uma Unidade Especializada (UE) sob gestão do município e um Serviço Especializado (SE) sob gestão federal, situados em município do interior do Rio Grande do Sul. O questionário Qualiaids busca avaliar e monitorar a organização dos serviços de saúde do SUS que acompanham o tratamento da infecção pelo HIV. O acesso aos dados referentes às respostas dos serviços UE e SE ao questionário aplicado no ano de 2017, foi obtido após solicitação formal a Equipe de Pesquisa Qualiaids. Desta forma, foi realizado um estudo descritivo, verificando as respostas relacionadas a cada dimensão. Foram selecionados os indicadores que qualificam o atendimento prestado aos pacientes com HIV, verificando quais os aspectos com maior dificuldade em cada serviço, sem ter como objetivo a comparação entre os mesmos, pois estão em níveis diferentes na rede de atenção. Ambos os serviços destacaram como dificuldade gerencial o acúmulo de função e a pouca integração entre atenção básica e serviço especializado. A UE apresentou 13,9% de faltas nas consultas médicas agendadas e o SE 19%,com assistência satisfatória, principalmente com foco na adesão a terapia antirretroviral (TARV), fator importante para atingir as metas nacionais 90-90-90 (diagnóstico, tratamento e supressão viral). A avaliação sistemática da adesão a TARV associado ao compartilhamento do cuidado são fatores fundamentais para a integralidade da atenção à PVHIV.

Biografia do Autor

Tatiana Corrêa Ribeiro, Universidade Federal de Santa Maria
Farmacêutica pela Universidade Federal de Santa Maria- UFSM , RS, Brasil Especialista em Gestão e Atenção Hospitalar no Sistema Público de Saúde/UFSM Mestre em Farmacologia/UFSM

 

Sandra Trevisan Beck, Universidade Federal de Santa Maria
Farmacêutica pela Universidade Federal de Santa Maria- UFSM, Brasil Doutora em Farmácia pela Universidade de São Paulo- USP Professora associada do Curso de Farmácia, Universidade Federal de Santa Maria, RS
Amanda Borges Oliveira, Universidade Federal de Santa Maria
Nutricionista pela Universidade Franciscana, UFN,   RS, Brasil.  Especialista em Gestão e Atenção Hospitalar no Sistema Público de Saúde/UFSM  
Laura Vielmo, Universidade Federal de Santa Maria
Farmacêutica pela Universidade Federal de Santa Maria- UFSM - RS, Brasil Mestre  em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de Santa Maria, Brasil Farmacêutica do Hospital Universitário de Santa Maria , Brasil  
Publicado
2020-11-04
Como Citar
RibeiroT., BeckS., OliveiraA., & VielmoL. (2020). QUALIDADE E MONITORAMENTO DO SERVIÇO AMBULATORIAL ESPECIALIZADO OFERECIDO ÀS PESSOAS VIVENDO COM HIV/AIDS. Revista Contexto & Saúde, 20(40), 275-282. https://doi.org/10.21527/2176-7114.2020.40.275-282
Seção
Contexto & Saúde - Geral