DESEMPENHO DOS PROGRAMAS DE CONTROLE DA TUBERCULOSE: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

Palavras-chave: Tuberculose, Avaliação de Programas e Projetos de Saúde, Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde

Resumo

O objetivo deste estudo foi identificar e descrever a produção científica disponível na literatura acerca do desempenho do PCT nos diferentes cenários nacional e internacional. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, realizada no mês de fevereiro de 2020, nas bases de dados da Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Literatura Internacional em Ciências da Saúde (PUBMED), Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature (CINAHL), Scopus e Embase, a partir da inclusão de artigos científicos disponíveis na íntegra, em livre acesso, publicados no período entre 2014 a 2019, nos idiomas português, inglês e espanhol, bem como aqueles com critério de elegibilidade: abordar aspectos relacionados ao desempenho do PCT nos diferentes cenários nacionais e/ou internacionais. Foram encontrados 1.267 artigos nas bases de dados, excluídos 1.240 após a aplicação dos critérios de exclusão, selecionados 27 artigos para serem lidos na íntegra e, ao final, 23 estudos foram incluídos para serem analisados a fim de subsidiar a revisão de literatura. Os estudos apresentaram elementos singulares quanto ao desempenho dos PCT em cada cenário de estudo, mesmo havendo uma dificuldade em definir, de um ponto específico, o conceito de desempenho. Aponta a importância da construção de debates sobre os desafios que ainda permeiam o sistema de saúde e a sociedade, visando a implementação de ações integradas e intersetoriais na efetivação do combate e controle da doença, levando em conta os determinantes da TB que requerem uma abordagem interprofissional e centrada nos doentes, família e comunidade.

Publicado
2020-12-23
Como Citar
FerreiraM. R., BonfimR., & OrfãoN. (2020). DESEMPENHO DOS PROGRAMAS DE CONTROLE DA TUBERCULOSE: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA. Revista Contexto & Saúde, 20(41), 134-143. https://doi.org/10.21527/2176-7114.2020.41.134-143
Seção
Epidemiologia: Saúde e Sociedade