CONVERSA ENTRE MULHERES: DIÁLOGOS SOBRE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Palavras-chave: Violência contra a mulher, Atenção Primária a Saúde, Políticas Públicas, Emponderamento

Resumo

Sabe-se que, mundialmente, a mulher é uma vítima constante de diversas formas de violência, principalmente as que se referem a seus maridos e companheiros. A violência contra a mulher tem sido cada vez mais vista como um relevante problema de saúde pública, havendo urgência em instituir programas para detecção precoce e para intervenções efetivas. Nesse contexto, evidencia-se a necessidade de identificação das redes de apoio e atenção voltadas a mulheres em situação de violências. O presente trabalho traz como cenário o Grupo de Mulheres, denominado “conversa entre mulheres”, do Centro de Saúde da Família (CSF) território do Padre Palhano, no município de Sobral/CE e teve como objetivo geral promover cuidado e empoderamento de mulheres que vivenciam situações de violência em uma área adscrita do CSF Padre Palhano. Os envolvidos no estudo foram as participantes do Grupo de Mulheres. Trata-se de uma pesquisa- intervenção que foi realizada nos meses de novembro/2019 a janeiro de 2020. A intervenção foi realizada de forma grupal, onde foram realizados momentos de educação em saúde voltados para usuárias que vivenciam ou presenciam situação de violência contra mulher. Como resultado, obtivemos o fortalecimento do Grupo Conversa entre Mulheres, gerando pensamento crítico das participantes no reconhecimento e resolução dos seus problemas, tornando-as multiplicadoras do saber e levando informações para outras mulheres que vivenciam situações de violência, a identificação das redes de apoio, bem como o fortalecimento do vínculo entre as usuárias e CSF.

Biografia do Autor

Juliane Braga da Silva, Escola de Saúde Pública Visconde de Saboia(ESPVS).

Bacharel em Serviço Social pela Universidade Norte do Paraná (UNOPAR);

Esp caráter de Residência Multiprofissional em Saúde da Família pela Escola de Saúde Pública Visconde de Saboia(ESPVS).

Atualmente Assistente Social Residente no Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Mental (RMSM), pela Escola de Saúde Pública Visconde de Saboia (ESPVS).

Márcia Maria Santos da Silva, Prefeitura Municipal de Sobral- Ceará

Graduada em Serviço Social pela Universidade Estadual do Ceará (UECE)
Especialista com caráter de Residência em Saúde da Família (UVA)
Mestre em Ensino na Saúde pela Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Gerente da Célula de Ensino e Pesquisa na Escola de Saúde Pública Visconde de Saboia (Prefeitura Municipal de Sobral).

Stela Lopes Soares, Centro Universitário INTA - UNINTA

Professora de Educação Física pela Universidade Estadual Vale do Acaraú  (UVA)

Fisioterapeuta pelo Centro Universitário INTA (UNINTA)

Pedagoga pelo Centro Universitário INTA (UNINTA)

Doutorado em Educação pela Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Mestre em Ensino de Saúde pela Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Professora do curso de Educação Física pelo Centro Universitário INTA (UNINTA)

Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Física Escolar (GEPEFE / UECE).

Thalanikelson de Oliveira Brito, Secretaria de Saúde/ Prefeitura Municipal de Sobral- Ceará

Graduação em Serviço Social - (UNOPAR);
Esp em Gestão em Políticas Públicas (UVA);
Esp caráter de residência em Saúde Mental pela Escola de Saúde Pública Visconde de Saboia(ESPVS)
Esp caráter de residência em Saúde da Família pela Escola de Saúde Pública Visconde de Saboia(ESPVS);
Mestrando em Saúde da Família (MASF - Mestrado Acadêmico em Saúde da Família) pela Universidade Federal do Ceará (UFC)

Atualmente Gerente da Célula de Articulação da Coordenadoria dos Direitos Humanos de Sobral/CE (Prefeitura Municipal de Sobral).

 

Maria Auxiliadora Resende Sampaio, Escola de Saúde Pública Visconde de Sabóia (ESPVS)

Graduação em Enfermagem - (UNINTA);
Esp em Nefrologia (UECE);
Esp caráter de residência em Saúde da Família pela Escola de Saúde Pública Visconde de Saboia(ESPVS);

Atualmente Enfermeira Residente em Saúde Mental pela Escola de Saúde Pública Visconde de Sabóia (ESPVS).

 

Heraldo Simões Ferreira, Universidade Estadual do Ceará (UECE).

 

Doutor em Saúde Coletiva pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR)

Coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Física Escolar pela Universidade Estadual do Ceará (GEPEFE/UECE).

Professor Adjunto do Curso de Educação Física. Universidade Estadual do Ceará (UECE).

 

Heliandra Linhares Aragão, Secretaria de Saúde de Sobral- Ceará

FORMAÇÃO: Bacharel em Serviço Social - (Faculdade UNINTA)

Mestranda em Saúde da Família pela Universidade Federal do Ceará (UFC)

Gerente do Centro de Atenção Psicossocial Alcool e outras drogas- CAPS AD de Sobral

Preceptora do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Mental (RMSM), pela Escola de Saúde Pública Visconde de Saboia (ESPVS) e professora da Faculdade Alencarina

 

Publicado
2020-12-23
Como Citar
SilvaJ., SilvaM., SoaresS., BritoT., SampaioM. A., FerreiraH., & AragãoH. (2020). CONVERSA ENTRE MULHERES: DIÁLOGOS SOBRE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER. Revista Contexto & Saúde, 20(41), 110-120. https://doi.org/10.21527/2176-7114.2020.41.110-120
Seção
Educação & Saúde