REDUÇÃO DE RISCOS E DANOS: AÇÕES EM SAÚDE COM PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA NO INTERIOR NORDESTINO

  • Leonardo Magela Lopes Matoso Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa)
  • Joatan Jonas dos Santos Silva Universidade Potiguar (UnP)
  • Barbara Medeiros do Nascimento Universidade Potiguar (UnP)
  • Mônica Betania Lopes Matoso

Resumo

Atuar com pessoas em situação de rua é tentar trabalhar com fragmentos de um grupo estigmatizado, excluído e marcado por intenso preconceito e sofrimento social. É buscar incessantemente que estas pessoas sejam visibilizadas e incluídas a partir do reconhecimento de suas vulnerabilidades e potencialidades na sociedade por meio das políticas públicas. Nesse cenário, foi desenvolvido ações com pessoas em situação de rua que fazem uso de álcool e outras drogas em uma cidade de médio porte no interior nordestino. Assim, essas ações, expressada aqui como relato de experiência, foi realizada diretamente com 22 pessoas ao longo de três meses, cujo objetivo foi promover medidas de redução de riscos e danos. Para isso, foi utilizado pesquisa aplicada, de caráter descritivo, nos pressupostos da pesquisa-ação, com abordagem qualitativa. Os resultados apontaram que 82% são do sexo masculino, 64% pardos, 68% com idade entre 30 a 59 anos. Onde 54% possuem ensino fundamental incompleto e 50% possuem familiares, no entanto saíram de casa devido conflitos. A droga de uso foi o crack (23%) e álcool (23%) e suas associações, como crack e maconha (18%). As ações realizadas possibilitaram conhecer melhor as pessoas em situação de rua, suas concepções e necessidades, contribuindo assim, para uma assistência mais acolhedora, equânime e pautada na subjetividade, dignidade e na saúde e bem-estar de cada indivíduo. Uma vez que ações em saúde foram realizadas e estas suscitarão reflexões acerca do uso de álcool e outras drogas, instaurando reflexões acerca de medidas redutivas de riscos e danos.

Biografia do Autor

Leonardo Magela Lopes Matoso, Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa)

Mestre Interdisciplinar em Cognição, Tecnologias e Instituições da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa). Especialista em Saúde e Segurança no Trabalho pela Faculdade de Enfermagem Nova Esperança (Facene). Enfermeiro graduado pela Universidade Potiguar (UnP). Discente de Jornalismo da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern). Endereço: Rua Elis Regina, n. 170, Abolição IV, Mossoró, CEP: 59614-100, Rio Grande do Norte (Rn), Brasil. E-mail: leonardo.l.matoso@gmail.com

Joatan Jonas dos Santos Silva, Universidade Potiguar (UnP)

Técnico em Edificações pelo Instituto Federal do Rio Grande do Norte (Ifrn). Acadêmico do oitavo período de Engenharia Civil, da Universidade Potiguar (UnP), Campus Mossoró.

Barbara Medeiros do Nascimento, Universidade Potiguar (UnP)

Especialista em Saúde e Segurança no Trabalho pela Faculdade de Enfermagem Nova Esperança (Facene). Enfermeiro graduado pela Universidade Potiguar (UnP), Campus Mossoró.

Mônica Betania Lopes Matoso

Especialista em Pluralidade Cultural e Orientação Sexual pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern). Especialista em Regulação em Saúde no SUS, pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa(IEP/HSL). Graduada em Serviço Social pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern).

 

Publicado
2019-12-17
Como Citar
Matoso, L. M., dos Santos Silva, J., do Nascimento, B., & Lopes Matoso, M. (2019). REDUÇÃO DE RISCOS E DANOS: AÇÕES EM SAÚDE COM PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA NO INTERIOR NORDESTINO. Revista Contexto & Saúde, 19(37), 183-188. https://doi.org/10.21527/2176-7114.2019.37.183-188
Seção
Contexto & Saúde - Geral