REABILITAÇÃO CARDÍACA NO ENFARTE AGUDO DO MIOCÁRDIO: FATORES ASSOCIADOS AO SUCESSO

  • Carolina Pratas
  • Patrícia Coelho
  • José Aguila
Palavras-chave: Saúde

Resumo

Introdução: Os programas de reabilitação cardíaca têm como principal objetivo melhorar a tolerância ao exercício e aumentar a capacidade funcional do doente com patologia cardíaca, assim como educar e acompanhá-lo no controlo dos seus fatores de risco cardiovasculares. Objetivo: Perceber quais os benefícios de um programa de reabilitação cardíaca em doentes que tenham sofrido enfarte agudo do miocárdio. Métodos: Os dados foram recolhidos através da consulta dos processos clínicos dos indivíduos que tiveram enfarte agudo do miocárdio entre 2015 e 2016 o que perfez um total 20 indivíduos dos quais 18 do género masculino com idades entre os 46 e os 83 anos e 2 do género feminino, com 61 e 63 anos respetivamente. Foram ainda recolhidos os dados relativamente à frequência cardíaca, pressão arterial sistólica e diastólica, saturação de oxigénio e carga de trabalho antes e após a integração no programa de reabilitação. Resultados: Dos 20 indivíduos avaliados, verificou-se que existiu uma melhoria estatisticamente significativa entre os dois momentos de avaliação no índice de massa corporal com uma diminuição média de 1,73 Kg/m2 (p=0,023), uma diminuição média de 4,64 cm no perímetro abdominal (p<0,001) e um aumento de 29 W na carga de trabalho (p<0,001). Apesar de não se verificar relação estatisticamente significativa nas restantes variáveis, os dados obtidos demonstram que existe uma melhoria dos valores médios estudados entre os dois momentos estudados. Discussão conclusão: verifica-se que os indivíduos com enfarte agudo do miocárdio ao integrarem um programa de reabilitação cardíaca têm benefícios adicionais e independentes do tratamento farmacológico.

Biografia do Autor

Carolina Pratas

ESALD | Instituto Politécnico de Castelo Branco

Patrícia Coelho
Sport, Health & Exercise Unit (SHERU) | Qualidade de Vida no Mundo Rural (QRural) - Instituto Politécnico de Castelo Branco
José Aguila

Fisiocardio | Badajoz

Publicado
2020-12-23
Como Citar
PratasC., CoelhoP., & AguilaJ. (2020). REABILITAÇÃO CARDÍACA NO ENFARTE AGUDO DO MIOCÁRDIO: FATORES ASSOCIADOS AO SUCESSO. Revista Contexto & Saúde, 20(41), 170-177. https://doi.org/10.21527/2176-7114.2020.41.170-177
Seção
Contexto & Saúde - Geral