PERCEPÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE ACERCA DA SÍNDROME METABÓLICA

  • Giovanna Costa Falcão Nenhuma
  • Tatiana Evangelista da Silva Rocha

Resumo

O objetivo desse estudo foi compreender a percepção dos profissionais de saúde acerca da Síndrome Metabólica. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva, exploratória e de campo, realizada com profissionais de saúde lotados em dois Centros de Saúde da Comunidade do município de Palmas/Tocantins, por meio de entrevista utilizando questionário semiestruturado, sendo analisado pelo método de Análise de Conteúdo. Conforme semelhança das falas foi agrupado para análise das entrevistas as categorias profissionais de enfermagem e medicina, agente comunitário de saúde e técnico de enfermagem, visto que o primeiro grupo destacou mais a fundo sobre o tema e demonstrou menos estranheza acerca do termo, porém ainda sem aprofundamento conforme a literatura. Para o mesmo fim, os resultados foram divididos em categorias, sendo elas: Conceito e diagnóstico; tratamento; fatores de risco e; ações de prevenção. Os profissionais de nível superior demonstraram maior compreensão acerca da SM, porém ainda se nota necessidade de maior esclarecimento sobre o assunto para que a importância desta condição seja reconhecida. Desta forma haverá uma prestação de assistência adequada aos pacientes, evitando o surgimento de novos casos de síndrome metabólica e que doenças crônicas se instalem, causando consequências econômicas e sociais para o país.

Biografia do Autor

Tatiana Evangelista da Silva Rocha

Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (FESP) 

Publicado
2020-06-30
Como Citar
FalcãoG., & RochaT. E. da S. (2020). PERCEPÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE ACERCA DA SÍNDROME METABÓLICA. Revista Contexto & Saúde, 20(38), 177-184. https://doi.org/10.21527/2176-7114.2020.38.177-184
Seção
Enfermagem & suas contribuições para prática