CONSIDERAÇÕES SOBRE A REDE DE ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES

  • Joyce Duailibe Laignier Barbosa Santo UFT
  • Cristina Vianna Moreira dos Santos UFT
Palavras-chave: Violência contra a mulher, Violência de Gênero, Administração de Serviços de Saúde, Assistência à Saúde

Resumo

O objetivo desse artigo é refletir sobre a importância da gestão na articulação da rede no processo de enfrentamento à violência contra as mulheres, buscando informações a respeito dessa temática em estudos bibliográficos, livros e revistas científicas, por meio da metodologia revisão narrativa. Busca-se também, por meio deste artigo, apresentar informações referentes à contextualização da problemática da violência no Brasil, a legislação vigente contra situações de violência e a importância da rede de enfrentamento. A discussão é essencial diante dos inúmeros casos que se apresentam e do crescente fenômeno da violência no cenário nacional. Conclui-se que esse fenômeno complexo e constante deve ser entendido como um problema de saúde pública que exige cada vez mais reflexões aprofundadas e ações efetivas. A proposta não é esgotar o tema, mas trazer uma reflexão à luz de diversos teóricos e uma discussão a respeito da importância da gestão atuante de maneira ativa no processo de enfrentamento à violência contra as mulheres.

Biografia do Autor

Cristina Vianna Moreira dos Santos, UFT

Doutora em Psicologia pela UNB e professora Adjunta do Curso de Psicologia e Coordenadora do Centro de Estudos e Práticas em Psicologia - CEPSI, da Universidade Federal do Tocantins.

Publicado
2020-11-04
Como Citar
SantoJ., & SantosC. (2020). CONSIDERAÇÕES SOBRE A REDE DE ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES. Revista Contexto & Saúde, 20(40), 139-148. https://doi.org/10.21527/2176-7114.2020.40.139-148
Seção
Educação & Saúde