ESTADO NUTRICIONAL DE IODO NA GESTAÇÃO E SUA INFLUÊNCIA NA SAÚDE DO BINÔMIO MÃE-FILHO

  • Karen Thayane de Oliveira Coqueiro
  • Renata Junqueira Pereira Universidade Federal do Tocantins
Palavras-chave: deficiência iódica; desfechos gestacionais; recém-nascido, iodine deficiency; gestational outcomes; newborn

Resumo

A gravidez está associada a um declínio do iodo no organismo materno, que pode levar a hipotireoidismo em áreas com deficiência de iodo, por esta razão, é fundamental uma ingestão adequada durante a gravidez. Verifica-se que a insuficiente ingestão materna de iodo afeta negativamente a saúde do feto e do recém-nascido, com consequências que perdurarão por toda a vida. Esta revisão teve como objetivo descrever a importância do iodo para o período gestacional e os efeitos relacionados à sua deficiência no binômio mãe-filho. Sabe-se que o iodo é essencial para o desenvolvimento do cérebro fetal em etapas tais como a neurogênese, a diferenciação de células neuronais e gliais, a mielinização, a migração e a sinaptogênese. Nesse sentido, a deficiência de iodo na gestação e na vida extrauterina pode ocasionar um conjunto de anormalidades denominadas distúrbios da deficiência de iodo, que incluem um espectro de diferentes doenças, como hipotireoidismo, natimortos, bócio, anomalias congênitas, crescimento e desenvolvimento infantis prejudicados; atraso no desenvolvimento psicomotor; redução da capacidade cognitiva; além de elevarem as taxas de mortalidade fetal e infantil e serem  considerados as principais causas evitáveis de deficiência mental na infância e cretinismo. Futuros estudos sobre o papel da deficiência iódica na saúde materna e fetal ainda são necessários para elucidar de que forma o iodo impacta nos desfechos gestacionais e perinatais e as possibilidades de intervenção para se evitar ou minimizar os efeitos indesejáveis de sua deficiência.

Publicado
2020-12-23
Como Citar
CoqueiroK. T., & PereiraR. (2020). ESTADO NUTRICIONAL DE IODO NA GESTAÇÃO E SUA INFLUÊNCIA NA SAÚDE DO BINÔMIO MÃE-FILHO. Revista Contexto & Saúde, 20(41), 62-67. https://doi.org/10.21527/2176-7114.2020.41.62-67
Seção
Nutrição & Saúde