O CUIDADO E A REDUÇÃO DE DANOS COMO PROMOTORES DE SAÚDE NO TERRITÓRIO DA CRACOLÂNDIA

  • Paola de Oliveira Camargo Universidade Federal de Pelotas
  • Michele Mandagará de Oliveira Universidade Federal de Pelotas
  • Camila Irigonhé Ramos Universidade Federal de Pelotas
  • Gabriela Botelho Pereira Universidade Federal de Pelotas
Palavras-chave: Saúde; Doença; Cuidado Integral; Cocaína Crack; Território

Resumo

O presente estudo buscou compreender as questões que envolvem as condições de saúde e de doença das pessoas que usam drogas e/ou se encontram em situação de rua no território da Cracolândia. Foi realizada observação participante e a construção de diário de campo, assim como entrevistas etnográficas com os participantes. Estes foram as pessoas que estavam no território da Cracolândia e os redutores de danos que trabalhavam no local. Para a análise dos dados utilizou-se o Interpretativismo, ou Teoria Interpretativa. Os resultados demonstraram que o território da Cracolândia pode apresentar circunstâncias que geram doenças, mas também ser um local de promoção da saúde e cuidado.

Biografia do Autor

Paola de Oliveira Camargo, Universidade Federal de Pelotas

Pedagoga,Pós-Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas.Mestra e Doutora em Ciências pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, da Universidade Federal de Pelotas. Especialista em Educação Infantil pela Universidade Federal de Pelotas. 

Michele Mandagará de Oliveira, Universidade Federal de Pelotas

Enfermeira, Professora   Adjunta do Departamento de Enfermagem em Saúde Coletiva da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas,  Mestra em Enfermagem em Saúde Pública pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo,  Doutora em Enfermagem em Saúde Pública pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Camila Irigonhé Ramos, Universidade Federal de Pelotas

Nutricionista,  Mestra em Nutrição e Alimentos - Universidade Federal de Pelotas, Doutoranda em Ciências no Programa de Pós-Graduação em Enfermagem na Universidade Federal de Pelotas, Especialista em Nutrição em Neuropsiquiatria, Especialista em Saúde da Família e Comunidade, Especialista em Saúde Pública

Gabriela Botelho Pereira, Universidade Federal de Pelotas

Enfermeira,  Mestra e Doutoranda em Ciências pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas ,Especialista em Enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva. Especialista em Gestão Estratégica em Saúde 

Publicado
2020-12-23
Como Citar
CamargoP., de OliveiraM., RamosC., & PereiraG. (2020). O CUIDADO E A REDUÇÃO DE DANOS COMO PROMOTORES DE SAÚDE NO TERRITÓRIO DA CRACOLÂNDIA. Revista Contexto & Saúde, 20(41), 158-169. https://doi.org/10.21527/2176-7114.2020.41.158-169
Seção
Contexto & Saúde - Geral