O longevo na contemporaneidade: A segregação familiar na velhice e a marginalização social

Autores

  • Maria Clara Thomazini Unicesumar
  • Dra. Unicesumar

Palavras-chave:

Idosos, Convivência familiar, Exclusão social

Resumo

O presente estudo tem como fulcro investigar o problema levantado sobre a vivência do idoso na contemporaneidade, de forma a constatar a grande modificação social, cultural e estrutural que tem levado o longevo ao afastamento e segregação do seio familiar ao qual está inserido, e uma consequente e proporcional marginalização social. O objetivo da pesquisa é constatar que o idoso vem sendo negligenciado quanto à convivência familiar e a convivência em comunidade, tendo por base a justificativa do crescimento populacional dos longevos, que acaba por agravar ainda mais tal situação de vulnerabilidade ao qual o idoso pertence. Os resultados esperados da presente pesquisa referem-se à uma verificação do percalço referente ao isolamento social e familiar do idoso, bem como o alerta quanto a necessidade de contorno ao problema, visto o envelhecimento populacional brasileiro. No que se refere à metodologia abordada, o estudo utiliza como método de abordagem o modelo hipotético-dedutivo. Quanto ao método procedimental, utilizou-se o modelo histórico, observacional e também o comparativo. Ademais, fora aplicado o recurso teórico, que representa a revisão bibliográfica de livros pertinentes e relevantes, artigos científicos nacionais, legislação compatível e doutrina especializada. 

Biografia do Autor

Dra., Unicesumar

Pós Doutora em hermenêutica jurídica pela UNISINOS – Universidade Vale do Rio dos Sinos-RS; Doutora nas relações sociais – direito civil – pela UFPR Universidade Federal do Paraná; Graduação e Mestrado em direito civil pela UEM Universidade Estadual de Maringá; pesquisadora do ICETI, professora da graduação e Programa de Mestrado e Doutorado da UNIVERSIDADE UNICESUMAR, membro do IBDFAM e o IAP Instituto dos Advogados do Paraná; Advogada

Publicado

2022-11-14

Como Citar

Thomazini, M. C., & Aparecida Gomes Rodrigues Fermentão, C. . (2022). O longevo na contemporaneidade: A segregação familiar na velhice e a marginalização social. Revista Direito Em Debate, 31(58). Recuperado de https://revistas.unijui.edu.br/index.php/revistadireitoemdebate/article/view/12429