NÍVEIS DE MATURIDADE E CAPACIDADE DO PENSAMENTO COMPUTACIONAL AO TÉRMINO DO ENSINO FUNDAMENTAL

MATURITY LEVELS AND CAPACITY OF COMPUTATIONAL THINKING AT THE END OF ELEMENTARY SCHOOL

Autores

Palavras-chave:

Pensamento Computacional; Níveis de Maturidade e Capacidade; Análise Multivariada de Dados; Modelagem de Equações Estruturais.

Resumo

O conceito de Pensamento Computacional tem sido polêmico e estudos recentes mostram que esse tipo de pensamento não está bem estabelecido, sobretudo no currículo da educação básica. Contudo, esse trabalho teve como objetivo construir uma métrica que representa a capacidade de pensamento computacional dos estudantes ao término do ensino fundamental. Para isso, foi utilizado um instrumento espanhol de diagnóstico de Pensamento Computacional, que por meio de uma abordagem quantitativa de característica exploratória-descritiva, atendendo ao rigor das técnicas estatísticas de análise multivariada de dados, possibilitou construir e validar um modelo integrado por três dimensões estruturantes: algoritmo, reconhecimento de padrão e decomposição.  Buscou-se responder à pergunta chave de quais são as habilidades que os estudantes ao término do ensino fundamental de uma cidade do oeste paulista mobilizam e articulam diante da resolução de problemas, por meio de tarefas desplugadas de fundamentos da ciência da computação. Um total de 462 estudantes responderam voluntariamente ao teste de Pensamento Computacional no período de outubro a dezembro de 2019, o que corresponde a 74,6% dos concluintes do ensino fundamental no município de Santa Cruz do Rio Pardo.

Biografia do Autor

Eduardo Cardoso De Souza, Unesp

Possui graduação em Processamento de Dados pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo (2005). Licenciatura Plena em Matemática pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (2010). Graduação em Pedagogia pela Universidade Nove de Julho (2013). Especialista em Tecnologia da Informação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2007). Especialista em Gestão Escolar pelo Centro Universitário Barão de Mauá (2013). Mestre em Educação para a Ciência pela Unesp de Bauru - SP (2016) sob a orientação do professor Dr. Wilson Massashiro Yonezawa, realizando estudos sobre programação visual no ensino da Matemática. Doutorando pelo mesmo programa, realizando estudos com foco na articulação do pensamento computacional e pensamento matemático. Tem experiência na área de Matemática e Informática. Atualmente é Professor de Educação Básica II, titular de cargo efetivo na rede Estadual de São Paulo e na rede Municipal de Santa Cruz do Rio Pardo - SP (Sistema Anglo de Ensino), atuando nas séries finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio. Atualmente designado na função de Supervisor de Ensino

Wilson Massashiro Yonezawa, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências de Bauru, Departamento de Computação.

Formação na área de computação (graduação e mestrado). Professor e pesquisador no Departamento de Computação da Faculdade de Ciências da UNESP campus de Bauru-SP. Leciona nos cursos de graduação em Ciência da Computação e Sistemas de Informação. Docente do programa de pós-graduação em Educação para Ciência (mestrado e doutorado). Áreas de interesse: jogos digitais para o ensino de ciências; e-learning, pensamento computacional, processos de construção de software para educação. 

Publicado

2021-05-10

Como Citar

De Souza, E. C., & Yonezawa, W. M. (2021). NÍVEIS DE MATURIDADE E CAPACIDADE DO PENSAMENTO COMPUTACIONAL AO TÉRMINO DO ENSINO FUNDAMENTAL: MATURITY LEVELS AND CAPACITY OF COMPUTATIONAL THINKING AT THE END OF ELEMENTARY SCHOOL. Revista Contexto &Amp; Educação, 36(114). Recuperado de https://revistas.unijui.edu.br/index.php/contextoeducacao/article/view/11664

Edição

Seção

Dossiê Ensino da Computação e Pensamento Computacional