HIDROXICLOROQUINA: USO POTENCIAL EM CORONAVIROSES?

Palavras-chave: Hidroxicloroquina, Coronavírus, Terapêutica

Resumo

A hidrocloroquina (HCQ) é um análogo da cloroquina, que foi projetada para terapêutica da malária. A longo das últimas décadas têm se observado o potencial de aplicação em outras patologias, como doenças autoimunes, oncologia e infecções virais. Neste ultimo grupo, enquadra-se o desafio da pandemia de coronavírus 2019 (COVID-19) que têm infectado centenas de milhares de pessoas e acarretado em milhares de mortes em todo mundo. Nesta conjuntura, objetivou-se discorrer acercar do uso potencial da hidrolcloroquina em infecções do coronovavírus. Através dos dados coletados, observou-se que a HCQ pode inibir a replicação viral pelo seu acúmulo no lisossoma e complexo de golgi celular, apresentando baixo custo e auxiliado na estabilização de pacientes graves com COVID-19. Entretanto, não evidência quanto a sua eficácia como droga profilática, existem diversas reações adversas e contra-indicações clínicas, de forma que seu uso deve ser devidamente prescrita por profissional de saúde. Além disso, ensaios clínicos randomizados, cegos, de tratamentos de coronoviroses devem ser estabelecidos, de forma que protocolos clínicos possam ser adequamente utilizados para a HCQ.

Biografia do Autor

Dany Geraldo Kramer, FACISA UFRN

Programa de Pós-Graduação em Saúde da Família – RENASF. UFRN

Geraldo Barroso Cavalcanti Junior, Faculdade de Farmácia. Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Prof. Dr. Faculdade de Farmácia. Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Nathalie de Sena Pereira, Universidade Potiguar. Natal, Brasil

Universidade Potiguar - Natal, Brasil

Publicado
2020-06-30
Como Citar
KramerD., Cavalcanti JuniorG., & PereiraN. de S. (2020). HIDROXICLOROQUINA: USO POTENCIAL EM CORONAVIROSES?. Revista Contexto & Saúde, 20(38), 16-21. https://doi.org/10.21527/2176-7114.2020.38.16-21
Seção
Covid-19