APOIO MATRICIAL EM SAÚDE MENTAL NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: UM ESTUDO AVALIATIVO E PARTICIPATIVO

Palavras-chave: Avaliação em saúde, Saúde mental, AAtenção primária à saúde

Resumo

Este estudo objetivou avaliar o apoio matricial em saúde mental na atenção primária à saúde, a partir das potencialidades e fragilidades destacadas pelos apoiadores de um município de pequeno porte. Estudo qualitativo, a partir do referencial teórico-metodológico da avaliação de quarta geração, realizado entre dezembro de 2018 e fevereiro de 2019, com sete profissionais de apoio matricial de um município de pequeno porte do Rio Grande do Sul. Os apoiadores destacaram como potencialidades do trabalho do apoio matricial: o compartilhamento de casos; o trabalho coletivo e compartilhado; a disponibilidade e a acessibilidade dos profissionais; a construção de vínculos; e o compartilhamento de responsabilidades. E como fragilidades o transporte, a carga horária do apoio matricial, as relações intersetoriais e as resistências em relação ao apoio matricial. Ao analisar as potencialidades, é possível encontrar questões que alavancam o trabalho do apoio matricial e são fundamentais para compreender a realidade. Da mesma forma, ao observar as fragilidades do matriciamento ou algumas condições desfavoráveis, essas situações também contribuem para entender alguns aspectos do trabalho em saúde. Sendo preciso considerar estes aspectos para o monitoramento e o planejamento do apoio matricial em saúde mental.

Biografia do Autor

Guilherme Emanuel Weiss Pinheiro, Universidade Federal de Santa Maria

Enfermeiro, Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas, Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico no Colégio Politécnico da Universidade Federal de Santa Maria.

Luciane Prado Kantorski, Universidade Federal de Pelotas

Enfermeira, Doutora pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, Professora Titular da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas.

Publicado
2020-11-04
Como Citar
PinheiroG., & KantorskiL. (2020). APOIO MATRICIAL EM SAÚDE MENTAL NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: UM ESTUDO AVALIATIVO E PARTICIPATIVO. Revista Contexto & Saúde, 20(40), 199-208. https://doi.org/10.21527/2176-7114.2020.40.199-208
Seção
Enfermagem & suas contribuições para prática