SAÚDE E AUTOCUIDADO ANTE A SITUAÇÕES DE ESTRESSE DURANTE A FORMAÇÃO ACADÊMICA

  • Elaine Rossi Ribeiro FACULDADES PEQUENO PRÍNCIPE
  • Bruna Santi Raieski FACULDADES PEQUENO PRÍNCIPE
  • Vinícius Kletemberg Machado FACULDADES PEQUENO PRÍNCIPE
Palavras-chave: Estresse. Estudantes de medicina. Educação médica.

Resumo

Os estudantes de medicina estão expostos a diversos estressores durante a formação que afetam tanto a saúde mental e física como o rendimento acadêmico e são diversas as formas de enfrentamento. O estudo objetivou apreender a percepção dos estudantes de medicina sobre o estresse vivenciado durante a formação e as formas de enfrentamento. Foi realizada uma pesquisa do tipo estudo de caso, com abordagem qualitativa, com estudantes de medicina. Para análise e discussão utilizou-se a análise dos discursos, e em cada categoria agruparam-se as Unidades de Significação que contemplavam questões correlacionadas. Foi apreendido dos estudantes uma percepção semelhante quanto aos fatores estressores e as repercussões deste para a saúde e o rendimento acadêmico. Evidenciou-se também a necessidade de intervenção por parte dos estudantes e principalmente das instituições e corpo docente incentivando a busca do equilíbrio entre estudo e lazer.

Publicado
2019-12-17
Como Citar
RibeiroE., RaieskiB., & MachadoV. (2019). SAÚDE E AUTOCUIDADO ANTE A SITUAÇÕES DE ESTRESSE DURANTE A FORMAÇÃO ACADÊMICA. Revista Contexto & Saúde, 19(37), 87-97. https://doi.org/10.21527/2176-7114.2019.37.87-97
Seção
Educação & Saúde