Padrão e Determinantes da Infraestrutura Urbana dos Municípios Paraenses

Autores

Palavras-chave:

Amazônia. Análise Fatorial. Desenvolvimento Regional. Desenvolvimento Socioeconômico.

Resumo

O artigo analisa o desenvolvimento dos municípios paraenses a partir de aspectos determinantes de sua infraestrutura urbana. Neste sentido, foi elaborado um Índice de Infraestrutura Urbana (IIU) para aferir o desenvolvimento relativo da infraestrutura disponível, verificar quais fatores determinam este desenvolvimento e hierarquizar os municípios de acordo com diferentes graus de infraestrutura (Alto, Médio e Baixo). O modelo foi concebido a partir de análise fatorial que identificou dois fatores que explicam 91,12% da variância total dos dados. Os resultados revelam que a grande maioria dos municípios (61,11%) foi classificada com baixo grau de infraestrutura e que apenas 3,47% foram considerados com alto grau, sendo que boa parte desses estão localizados na Região Metropolitana de Belém (RMB) onde, historicamente, tem se concentrado os maiores investimentos públicos e privados. Esta realidade demonstra a necessidade de se implantar medidas mais efetivas e sinérgicas nos investimentos públicos, realizados pela União, Estado e municípios, como forma de estimular o ambiente econômico propício para enfrentar desafios vitais ligados à qualidade de vida dos paraenses, tendo em conta que o estado do Pará e a Amazônia, de maneira geral, exibem baixo desempenho nos mais variados indicadores socioambientais e econômicos.

Biografia do Autor

Fabrício Khoury Rebello, Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)

Doutor em Ciências Agrárias pela Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA). Professor da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA). http://lattes.cnpq.br/8656930211054464. https://orcid.org/0000-0003-2398-4906. fabriciorebello@hotmail.com

Carina Chagas Madeira de Souza, Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)

Mestranda em Agronomia pela Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA). Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. http://lattes.cnpq.br/4980855499380264. https://orcid.org/0000-0003-0630-8025. carina.madeira@live.com

Marcos Antônio Souza dos Santos, Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)

Doutor em Ciência Animal pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Professor da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA). http://lattes.cnpq.br/1517009704490133. http://orcid.org/0000-0003-1028-1515. marcos.marituba@gmail.com

Maria Lúcia Bahia Lopes, Universidade da Amazônia (UNAMA)

Doutora em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Professora da Universidade da Amazônia (Unama). http://lattes.cnpq.br/4629419656109116. https://orcid.org/0000-0002-3718-0434. marialucia.bahia@unama.br

Leonardo Augusto Lobato Bello, Universidade da Amazônia (Unama)

Doutor em Engenharia Civil pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUCRJ). Professor da Universidade da Amazônia (Unama). http://lattes.cnpq.br/5449459117793556. http://orcid.org/0000-0002-2017-5292. leonardo.bello@unama.br

Publicado

2021-07-14

Como Citar

Rebello, F. K., Souza, C. C. M. de, Santos, M. A. S. dos, Lopes, M. L. B., & Bello, L. A. L. (2021). Padrão e Determinantes da Infraestrutura Urbana dos Municípios Paraenses. Desenvolvimento Em Questão, 19(55). Recuperado de https://revistas.unijui.edu.br/index.php/desenvolvimentoemquestao/article/view/11259