Desafios e Críticas ao Modelo de Hélice Tríplice: uma revisão integrativa

  • Andréa Aparecida da Costa Mineiro Universidade Federal de Itajubá (Unifei) http://orcid.org/0000-0003-1155-7333
  • Thais Assis Souza Universidade Federal de Lavras (UFLA)
  • Cleber Carvalho de Castro Universidade Federal de Lavras (UFLA)
Palavras-chave: Hélice Tríplice, Críticas, Desafios

Resumo

As críticas e desafios ao modelo de HT precisam ser consideradas, compreendidas e transpostas, de forma que novos modelos como a Hélice Quádrupla e Quíntupla possam ser implantados, direcionando a melhores resultados para o processo de geração da inovação e do conhecimento. Por esta lente, este artigo tem como objetivo identificar os principais desafios e críticas associadas ao modelo de HT a partir de uma revisão integrativa. Para tanto, os estudos foram sistematizados de forma a identificar os principais objetivos da pesquisa; abordagens teóricas; metodologia e objeto de estudo; as críticas da HT; e contextos associados. Adicionalmente foi proposta uma síntese como agenda futura. Resultados apresentam um panorama onde os estudos sobre as críticas estão concentrados na Europa e, entre as principais críticas ao modelo estão: diferenças nos objetivos; falhas na cooperação e problemas de comunicação entre os atores da HT; falha ao considerar o contexto e aspectos globais; falta de um ator ou representante líder; ser um modelo top down e não considerar os problemas culturais. Ademais, os contextos desafiadores para o modelo de HT são as regiões periféricas onde há baixa densidade de P&D, regiões onde a universidade tenha um papel secundário, além de localidades com atores que apresentam sistemas burocráticos.

Biografia do Autor

Andréa Aparecida da Costa Mineiro, Universidade Federal de Itajubá (Unifei)

Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Itajubá (Unifei). Doutoranda em Administração pela Universidade Federal de Lavras (UFLA). Professora da Universidade Federal de Itajubá (Unifei).

Thais Assis Souza, Universidade Federal de Lavras (UFLA)

Mestre e doutoranda em Administração pela Universidade Federal de Lavras (UFLA)

Cleber Carvalho de Castro, Universidade Federal de Lavras (UFLA)

Doutor em Agronegócios pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professor da Universidade Federal de Lavras (UFLA).

Publicado
2020-08-21
Como Citar
MineiroA., SouzaT., & CastroC. (2020). Desafios e Críticas ao Modelo de Hélice Tríplice: uma revisão integrativa. Desenvolvimento Em Questão, 18(52), 233-248. https://doi.org/10.21527/2237-6453.2020.52.233-248