A formação de professores para o atendimento educacional especializado no município de Chapecó

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21527/2179-1309.2023.120.11688

Palavras-chave:

Políticas educacionais; Educação Especial; Inclusão; Educação a distância.

Resumo

O presente artigo tem como foco principal a formação de professores para o Atendimento Educacional Especializado (AEE). Tem o objetivo de compreender como os cursos de Educação Especial (EE), na modalidade de Pós-Graduação, estão sendo ofertados no município de Chapecó/SC. A pesquisa procurou identificar e analisar os cursos cuja estrutura curricular está disponível nas plataformas on-line. Foram selecionadas 4 instituições, com 11 cursos que atenderam aos critérios de seleção. As discussões foram articuladas aos resultados de busca no portal de periódicos da Capes, quando 4 artigos foram selecionados. Os resultados mostram que 100% dos cursos são ofertados na modalidade EAD – o que se justifica por não haver cursos presenciais e Graduação em Educação Especial no município de Chapecó. O estudo conclui que os cursos de Pós-Graduação analisados são destinados à Educação Especial, à Educação Inclusiva e ao AEE, contudo a matriz curricular é fragmentada, deixando de atender a áreas específicas da Educação Especial e a determinados públicos-alvo do AEE.

Biografia do Autor

Sandra Sofia Radetski, Universidade Federal da Fronteira Sul

Acadêmica do curso de Pedagogia pela Universidade Federal da Fronteira Sul.

Juliana Aparecida Mantelli, Universidade Federal da Fronteira Sul

Acadêmica do curso de Pedagogia pela Universidade Federal da Fronteira Sul.

Patrícia Gräff, Universidade Federal da Fronteira Sul

Doutora em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Docente no Programa de Pós-Graduação em Educação, da Universidade Federal da Fronteira Sul.

Downloads

Publicado

2023-01-02

Como Citar

Radetski, S. S., Mantelli, J. A., & Gräff, P. (2023). A formação de professores para o atendimento educacional especializado no município de Chapecó. Revista Contexto & Educação, 38(120), e11688. https://doi.org/10.21527/2179-1309.2023.120.11688