O SISTEMA SENSORIAL EM AULAS DE CIÊNCIAS POR INVESTIGAÇÃO: EFEITOS DE SENTIDO EM ANÁLISE

Resumo

A pesquisa foi orientada por autores que reivindicam a emergência de práticas menos expositivas para o Ensino de Ciências e buscam problematizar as questões de aprendizagem visando à alfabetização científica na escola. Com base na abordagem do Ensino por Investigação pretende-se estudar uma sequência de ensino envolvendo o bloco temático do sistema sensorial a partir de questões-problemas envolvendo um conjunto de plantas medicinas. O objetivo da pesquisa é analisar os efeitos de sentido sobre o sistema sensorial em aulas de ciências por investigação e visando mobilizar aspectos da alfabetização científica. A pesquisa guiou-se pelo referencial da Análise de Discurso, sendo que para a apresentação e discussão do corpus de análise foram destacados efeitos de sentidos que emergiram da escrita dos alunos, do ensino fundamental, de uma escola pública. Os instrumentos de pesquisa constituem-se por um roteiro de aula e um questionário. Os resultados apontam que a sequência dotou os alunos de autonomia e criatividade, assim como manifestou efeitos de sentidos que podem ser trabalhados em aulas. Por fim, defende-se um trabalho coletivo a favor da educação em que universidade, escola e comunidade devem colocar em prática os pressupostos de alfabetização científica.

Biografia do Autor

Julia Bavaresco, Universidade Federal do Paraná / Curso de Ciências Biológicas

Graduada em Ciências Biológicas - Bolsista de Iniciação Científica da Fundação Araucária de Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná

Publicado
2020-01-02
Como Citar
Bavaresco, J., & Palcha, L. (2020). O SISTEMA SENSORIAL EM AULAS DE CIÊNCIAS POR INVESTIGAÇÃO: EFEITOS DE SENTIDO EM ANÁLISE. Revista Contexto & Educação, 35(110), 274-292. https://doi.org/10.21527/2179-1309.2020.110.274-292