TRABALHO E UNIVERSIDADE: REFLEXÕES SOBRE O PERFIL DE JOVENS TRABALHADORES EGRESSOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO PARÁ

  • João Batista do Carmo Silva UFPA
  • Benilda Miranda Veloso Silva
  • Cheliane Estumano Gaia
Palavras-chave: Universidade. Trabalho. Egressos. Educação a Distância

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo analisar o processo de formação de egressos trabalhadores, investigando como ocorreu o processo de inserção destes no mundo do trabalho, a fim de compreender a sua vida profissional após a conclusão de um curso de Graduação em uma instituição privada de Educação a Distância (EaD), assim como, suas implicações para a sua formação. Metodologicamente, este trabalho, segundo as bases de investigação, utilizou o materialismo histórico dialético, valendo-se da pesquisa qualitativa e procedimento técnico do Estudo de Caso. Os dados foram coletados por meio de questionários socioeconômicos com licenciados do curso de Pedagogia e de entrevista semiestruturada. Assim, a partir dos resultados, é fato que a que a educação oferecida pela instituição contribuiu de forma significativa, tanto no aspecto profissional quanto humano de seus egressos. Conclui-se que existem contradições no perfil dos jovens universitários egressos da EaD e as possibilidades da EaD são consideradas positivas em decorrência da flexibilidade oferecida pela instituição, sendo que o aspecto negativo, dessa modalidade, se encontra na interatividade com os tutores que não conseguem suprir as dificuldades dos alunos, tornando a relação tutor/aluno uma dificuldade para a produção e a socialização do conhecimento.

Publicado
2020-09-09
Como Citar
SilvaJ. B., SilvaB., & GaiaC. (2020). TRABALHO E UNIVERSIDADE: REFLEXÕES SOBRE O PERFIL DE JOVENS TRABALHADORES EGRESSOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NO PARÁ. Revista Contexto & Educação, 35(112), 346-365. https://doi.org/10.21527/2179-1309.2020.112.346-365