INCLUSÃO NO ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO NA EDUCAÇÃO BÁSICA: UM ESTUDO DE CASO

Palavras-chave: Educação Inclusiva, Atendimento Educacional Especializado, Ensino regular, Formação docente

Resumo

Este estudo tem como problemática principal compreender como os professores do município de Santa Rosa (RS), que trabalham nas salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE) e nas salas do ensino regular, entendem e efetivam a inclusão no espaço escolar. Para o método emprega-se a pesquisa bibliográfica complementada pela pesquisa de campo nas modalidades qualitativa. A realização da coleta de dados aconteceu por meio de observações em duas escolas municipais que possuem o AEE e entrevistas semiestruturadas, envolvendo professores da sala de aula do ensino regular, educadoras do AEE e monitoras que auxiliam no processo de inclusão das crianças nessas escolas. A análise desse material foi embasada pelos pressupostos de Bardin (2011) com a Análise de Conteúdo. A vivência nesses espaços de compartilhamentos permitiu compreender que a inclusão é um processo que não pode ter práticas isoladas, mas que todos necessitam estar dispostos a irem na mesma direção ou em busca de um mesmo objetivo, e que os profissionais necessitam ter clareza das ações ainda recorrentes nesse processo.

Biografia do Autor

Cleusa Inês Ziesmann, Universidade Federal da Fronteira Sul

Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Mestre em Educação nas Ciências pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijui). Especialista em Interpretação, tradução e Docência de Língua Brasileira de Sinais (Uníntese). Especialista em Psicopedagogia Institucional pela Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas (FACISA). Graduada em Pedagogia / Orientação e Supervisão Escolar pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí). Atualmente é professora na Universidade Federal da Fronteira Sul /campus Cerro Largo/RS. É membro do Grupo de Pesquisa de Estudos e Pesquisa Educação e Violência / GRUPEV (PUCRS), Membro do grupo de Pesquisa GEPETEC e do Grupo de Estudos e Pesquisa Direitos Humanos, Movimentos e Instituições da UFFS de Cerro Largo/RS. Atua na área de Educação, com ênfase em Educação Especial/Inclusiva, Língua Brasileira de Sinais, Atendimento Educacional Especializado e Formação de Professores.

Alexandre Anselmo Guilherme, Universidade Pontificia Católica do Rio Grande do Sul

Possui graduação MA Honours em Filosofia - University of Edinburgh (2001), mestrado MLitt em Filosofia - University of St Andrews (2002), doutorado PhD em Filosofia - Durham University (2008), e pós-doutorado pelo Institute of Advanced Studies in Humanity, University of Edinburgh (2010). Atualmente é professor adjunto do PPGEdu e do PPGP da PUCRS, atuando principalmente nos seguintes temas: educacao e violência, e educação e diálogo.  Editor Associado Revista Educacao-PUCRS. Membro Editorial Philosophy and Theory in Higher Education. Coordenador de Projeto para o Programa Institucional Capes-PrInt.

Publicado
2020-01-02
Como Citar
Ziesmann, C., & Guilherme, A. (2020). INCLUSÃO NO ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO NA EDUCAÇÃO BÁSICA: UM ESTUDO DE CASO. Revista Contexto & Educação, 35(110), 86-104. https://doi.org/10.21527/2179-1309.2020.110.86-104
Seção
Dossiê: Educação Escolar e Desenvolvimento Psíquico Humano