A COMPLEXIDADE E A CULTURA ESCOLAR: APROXIMAÇÕES PARA TRATAR O TEMA ENERGIA NA ESCOLA

Resumo

Resumo

Esse artigo discute aspectos da cultura e complexidade, tomando-as como elementos que podem promover uma reflexão mais crítica acerca do trabalho em sala de aula. Metodologicamente, busca-se identificar a natureza das abordagens do tema energia e complexidade nos artigos acadêmicos da área de ensino de Ciências para então indicar, a partir também dos referenciais teóricos sobre cultura e complexidade, refletir sobre o trabalho escolar. Dos resultados, salienta-se que as publicações sobre energia buscam, seja no contexto da formação de professores ou na ação destes em sala de aula, uma aproximação com temas ambientais, sociais e relacionados a saúde de forma a diminuir a fragmentação que geralmente é encontrada nas disciplinas escolares. Já os trabalhos acadêmicos acerca da complexidade apontam tanto para a uma mudança de paradigma, no sentido de incorporação da perspectiva da complexidade como base do conhecimento e da linguagem escolar quanto a uma perspectiva mais pontual de mudança. Esses apontamentos indicam algumas potencialidades de trabalho em sala de aula que considere uma abordagem cultural e mais complexa.

Publicado
2020-09-09
Como Citar
Sant’annaT., WatanabeG., & GurgelI. (2020). A COMPLEXIDADE E A CULTURA ESCOLAR: APROXIMAÇÕES PARA TRATAR O TEMA ENERGIA NA ESCOLA. Revista Contexto & Educação, 35(112), 300-313. https://doi.org/10.21527/2179-1309.2020.112.300-313